OLÁ, ASSINE O JC E TENHA ACESSO LIVRE A TODAS AS NOTÍCIAS DO JORNAL.

JÁ SOU ASSINANTE

Entre com seus dados
e boa leitura!

Digite seu E-MAIL, CPF ou CNPJ e você receberá o passo a passo para refazer sua senha através do e-mail cadastrado:


QUERO ASSINAR!

Cadastre-se e veja todas as
vantagens de assinar o JC!


Varejo

- Publicada em 24 de Junho de 2015

Trabalhadores da Magazine Luiza utilizarão dispositivos móveis para efetuar as vendas

Empresa promove virada mobile


CLAUDIO FACHEL/ARQUIVO/JC

A partir deste mês, vendedores de 12 lojas da rede Magazine Luiza, todas localizadas na cidade de São Paulo, passarão a utilizar dispositivos móveis para efetuar as vendas. Com o objetivo de agilizar o processo e melhorar a experiência de compra do cliente, o aplicativo desenvolvido pela rede começará a ser usado por 236 vendedores e será integrado em outras lojas ao longo dos próximos meses.

Para o lançamento da 1ª Virada Mobile, as 12 lojas trarão comunicação específica orientando os clientes sobre a novidade. Em testes desde o início do ano, o aplicativo traz a expectativa de que o tempo de venda caia de 40 para 15 minutos. O uso da nova tecnologia possibilita ainda simulação de uma compra, uso de voz e outros recursos.

Segundo o diretor executivo de operações do Magazine Luiza, Frederico Trajano, a mudança é um marco de um ciclo de transformação digital da rede. "Muitos clientes ainda não utilizam toda a tecnologia que tablets e smartphones oferecem, e o Magazine Luiza quer ser parte importante nesta inclusão digital, simplificando a vida do consumidor", afirma. A estimativa é de que até o final do ano, mais de 1,9 mil vendedores utilizem o aplicativo em 110 lojas da rede.